Agronordeste: Senar Alagoas mobiliza produtores rurais

Reuniões acontecem em povoados ou nas secretarias de agricultura

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar Alagoas – iniciou o trabalho de mobilização dos produtores rurais que serão contemplados no projeto Agronordeste, iniciativa do Governo Federal, em parceria com o Sistema CNA e a Anater, que visa impulsionar o desenvolvimento socioeconômico sustentável no campo por meio da oferta de serviços de assistência técnica e gerencial.

As reuniões acontecem nos oito municípios identificados como prioritários no projeto: Jaramataia, Olho D’Água das Flores, Batalha, Major izidoro, Monteirópolis, Jacaré dos Homens, Belo Monte e Olivença. Além de explicar sobre a assistência técnica e gerencial, o supervisor técnico do Senar Alagoas, Sidney Rocha, orienta e realiza os produtores rurais no processo de cadastramento.

A metodologia de assistência técnica e gerencial do Senar é direcionada principalmente para pequenos e médios produtores rurais. O objetivo é promover o acesso a um modelo de adequação tecnológica associado à consultoria gerencial das propriedades rurais. Tudo isso estabelecido em um planejamento estratégico feito entre técnico de campo e produtor.

Divididos em turmas de 25 a 30 pessoas que desenvolvem a mesma atividade, os produtores serão acompanhados por técnicos de campo contratados pelo Senar durante dois anos, com quatro horas mensais de visitas técnicas em cada propriedade. “O trabalho envolve o diagnóstico produtivo e individualizado, planejamento estratégico, adequação tecnológica e capacitação profissional complementar”, pontua Sidney.

Uma turma já está fechada no município de Jaramataia e outras duas em Olho D’Água das Flores. Logo após o carnaval, outras reuniões serão realizadas em Jacaré dos Homens, Belo Monte e Olivença. A articulação com os produtores é feita por meio das secretarias municipais de agricultura e assistência social.

Para participar de uma das turmas de assistência técnica e gerencial do Senar, o produtor rural precisa apresentar Declaração de Aptidão ao Pronaf – DAP – atualizada, ser maior de idade e alfabetizado, preencher a ficha de inscrição e assinar um termo de confidencialidade. O programa atende apenas a uma propriedade por produtor.