Alunos do Programa Jovem Aprendiz voltam às atividades de ensino

Aula foram retomadas com protocolo de prevenção à covid-19

Maria Eduarda Xavier
Estagiária sob supervisão

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar Alagoas – retomou as atividades educativas da Aprendizagem Rural no último dia 18 de outubro, com a turma de 17 alunos do curso de Mecânico de Manutenção de Tratores, na Usina Caeté, município de São Miguel dos Campos, que teve que ser paralisado por causa da pandemia.

O curso tem como público alvo adolescentes e jovens que estejam matriculados e frequentando a escola, caso não tenham concluído o ensino fundamental ou médio, na faixa etária compreendida entre 14 e 24 anos. O curso possui uma carga horário de mil horas, com módulos divididos em habilidades básicas e específicas.

“No módulo de habilidades básicas está toda a parte teórica, os alunos aprendem sobre comunicação, relações interpessoais, matemática, informática, gestão empreendedora, entre outros conteúdos. Posteriormente, no módulo de habilidades específicas, os alunos conhecerão atividades com executar serviços de manutenção de motores, sistemas e partes de veículos automotores, em conformidade com normas e procedimentos técnicos, de qualidade, segurança e de preservação do meio ambiente”, explica a coordenadora do Departamento Técnico do Senar Alagoas, Graziela Freitas..

O curso deve ser finalizado em março de 2021. A primeira semana de aula pós retomada foi de replanejamento e organização de novas metodologias de aprendizagem. “Antes da pandemia fazíamos muitos trabalhos e dinâmicas em grupo, agora não podemos mais, precisamos respeitar o distanciamento social”, explica Teresa Cristina, pedagoga e instrutora do Programa Jovem Aprendiz do Senar Alagoas. As aulas são realizadas no pátio da Escola Conceição Lyra, espaço aberto, para maior segurança de todos.

Com o auxílio de seus alunos, Tereza está construindo novas formas de assimilar o conteúdo de forma segura e dinâmica. “Já surgiu um jogo de tabuleiro, onde são colocadas algumas perguntas, sugestões e pegadinhas para que os estudantes se divirtam, mas não deixem de aprender”, pontua a instrutora. O intuito é que o repasse de conteúdo não seja cansativo e monótono, então, a construção em conjunto com os alunos é de extrema importância.

Para a estudante Renaria Ventura, o curso é uma grande oportunidade de desenvolvimento pessoal e profissional. Esta é a sua primeira experiência em capacitações do Senar e suas expectativas são altas. “Quero aprender ao máximo o conteúdo passado e colocar tudo em prática no módulo de habilidades específicas. Estou gostando bastante, todo dia recebo um novo ensinamento e isso me faz evoluir”, conclui Renaria.