Bem+Agro: produtores rurais ganham desconto em cursos da FGV

Benefícios são extensivos aos cônjuges, filhos e netos dos produtores

Contrato garante desconto em cursos de graduação, pós, MBA e extensão

Produtores rurais alagoanos cadastrados no Bem+Agro, programa de benefícios da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), ganharam uma excelente oportunidade de se qualificar na área de gestão, por meio de cursos com o selo de qualidade internacional da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Alagoas (Faeal) e a Faculdade de Administração e Negócios (FAN/FGV) assinaram um contrato de parceria que garante desconto de 30% sobre o valor da matrícula e mensalidades de cursos de graduação, pós-graduação, MBA e extensão, e de 50% nas graduações, para grupos a partir de cinco pessoas que se matriculem simultaneamente. Os benefícios são extensivos aos cônjuges, filhos e netos dos produtores.

Nos próximos dias, a empresa parceira estará disponível no site do Bem+Agro. “Esse convênio oferece uma condição financeira muito boa para que esses produtores e familiares possam aprender conosco a administrar negócios, controlar finanças, gerir pessoas. Daremos a eles toda a condição técnica, com o diferencial de uma marca internacional, nota máxima no país”, ressalta o diretor da FAN/FGV, Robson Alves.

Ele destaca que um dos pré-requisitos para ser docente da Fundação Getúlio Vargas é a experiência profissional. “É preciso ter passado por empresas de grande porte, que contribuem com o desenvolvimento do país, para trazer esse know-how para Alagoas. Portanto, oferecemos um conhecimento ímpar, que os alagoanos não precisam buscar em outros estados, já que deslocamos esses professores para Maceió”, ressalta Robson.

Bem+Agro

O programa de benefícios Bem+Agro é exclusivo para produtores em dia com a Contribuição Sindical Rural. A adesão é gratuita e deve ser feita no site www.bemmaisagro.com.br. O programa funciona com agros – moeda virtual criada para o sistema e que pode ser trocada por ofertas e outros benefícios.

Para ganhar agros, o produtor precisa ter alguns comportamentos como se inscrever e concluir cursos do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar); participar de eventos; navegar, interagir e ler conteúdos publicados pela CNA, federações estaduais da agricultura e pecuária, e sindicatos rurais.

No computador ou celular, o produtor acessa o extrato de agros acumulados, confere as ofertas – nacionais ou segmentadas por região – e troca moedas virtuais por benefícios, como condições especiais em empresas parceiras, a exemplo de descontos em planos de saúde, serviços laboratoriais, passagens aéreas, pneus e serviços relacionados, cursos de graduação e livros, além de acesso VIP a eventos do agronegócio, entre outros.

Nacionalmente, a CNA já firmou convênio com empresas como Latam Airlines, Mercedes-Benz, Visa, Livraria Embrapa, Pirelli, Sabin Medicina Diagnóstica, 99, Netshows, Bancorbrás e Movida Rent a Car. Em Alagoas, o contrato com a FAN/FGV é o primeiro de muitos. “Já estamos em negociação com diversas empresas de saúde, produtos automobilísticos, entre outros segmentos, e continuaremos trabalhando para oferecer cada vez mais parcerias no site do Bem+Agro”, garante a técnica da Faeal, Carla Christine Lima da Silva.

Os produtores cadastrados no Bem+Agro também têm acesso a cartilhas de processos produtivos; podem formar turmas exclusivas para cursos do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural e indicar estudantes para o programa CNA Jovem; têm acesso prioritário a serviços prestados pelos sindicatos, como assessorias jurídica e contábil, bem como à Assistência Técnica e Gerencial do Senar.