Em retorno gradual, colaboradores da Faeal e do Senar AL aprovam medidas de prevenção contra a Covid-19

Colaboradores fizeram teste de Covid-19

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Alagoas – Faeal – e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar Alagoas – retomaram as atividades de forma gradual desde o último dia 6. Para isso, as instituições investiram em medidas necessárias para proteger os colaboradores e visitantes contra o novo coronavírus, como preconizam as autoridades públicas de saúde. As medidas protetivas trouxeram tranquilidade e segurança para os colaboradores.

Antes de retornar ao trabalho presencial, todos os funcionários, estagiários e prestadores de serviço passaram por consulta médica e testagem de Covid-19. Quem testou positivo, permanece em casa, a exemplo da secretária escolar e coordenadora dos Programas de Saúde do Senar Alagoas, Andrea Almeida. Ela teve febre durante três dias, no mês passado, mas não tinha certeza da infecção. “No último dia 2, fiz exame pelo Senar, recebi meu diagnóstico de forma muito tranquila e fui tratada com muita atenção e respeito”, elogia.

O assistente administrativo do Senar Alagoas, Messias Silva dos Santos, já voltou a trabalhar. Ele também aprova as medidas de prevenção. “São muito importantes, abrangem todos os funcionários e demonstram o cuidado da nossa diretoria. Estamos seguros”, avalia.

As medidas preventivas vinham sendo pensadas e planejadas nos últimos meses de isolamento social. “Estávamos acompanhando os decretos do Governo do Estado e nos preparando para o retorno gradual, que também atende às orientações dos ministérios da Saúde e do Trabalho”, ressalta a analista Administrativo e Financeiro do Sistema Faeal, Adrianise Gusmão.

Consulta médica

Conheça as medidas
Para evitar aglomerações que possam gerar contágio e contaminação, as jornadas de trabalho na Faeal e no Senar AL são alternativas, com atividades em expediente interno, durante os 15 primeiros dias da fase inicial. Colaboradores que utilizam veículo próprio trabalham das 8h às 14h; já os que utilizam transporte urbano, das 9h às 15h.

Os funcionários também foram organizados em grupos de retorno, conforme o perfil de risco. O Grupo 1, de colaboradores já imunes ou com menos de 60 anos e saudáveis, retornou às atividades na primeira fase; o Grupo 2, formado por colaboradores do grupo de risco da Covid-19, permanece em home office por prazo indeterminado, até que haja uma segurança médica para o retorno ao ambiente de trabalho.

Para retomar as atividades, todos os colaboradores passaram por testagem para a Covid-19 e avaliação médica. Outras medidas de prevenção também foram adotadas, como disponibilização de álcool em gel 70% em totens, estações de trabalho e outros pontos estratégicos; colocação de tapetes higienizadores de sapatos; medição de temperatura e oxigenação de todas as pessoas que tiverem acesso ao prédio; sinalização do distanciamento obrigatório (1,5 m de distância entre pessoas e 2 m entre as estações de trabalho); e colocação de barreiras entre acentos de cadeiras, com faixas indicativas no piso.

Restrições e recomendações
O protocolo de retorno às atividades da Faeal e do Senar Alagoas também reforça as recomendações do Ministério da Saúde e traz algumas restrições e recomendações para os colaboradores. Está proibido o compartilhamento de copos, pratos, talheres e outros utensílios de cozinha não higienizados; superfícies das mesas precisam ser desinfetadas após cada utilização; viagens estão temporariamente suspensas e reuniões devem ser feitas por meio de ferramentas remotas de conferência. A orientação é para que os funcionários não circulem nas dependências da empresa e façam contato por telefone, WhatsApp ou e-mail.