Comissão Nordeste discute alternativas para modernizar a colheita da palma forrageira

Reunião de apresentação do projeto em Recife (Foto: Ascom/Faepe)

Com informações da Ascom/Faepe

O vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Alagoas – Faeal -, Edilson Maia, apresentou o esboço de uma máquina colheitadeira de palma forrageira, na última terça-feira, 12, no Recife, em reunião com lideranças e especialistas do setor produtivo. O encontro foi promovido pelo presidente da Comissão Nordeste da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil – CNA -, Pio Guerra.

Edilson Maia o projeto da máquina colheitadeira está em fase de desenvolvimento, sob coordenação de Edilson Maia. Ele foi analisado com a participação do diretor-secretário da CNA e presidente da Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba (Faepa), Mário Borba, juntamente com os especialistas do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Djalma Cordeiro e Sérvulo Siqueira.

A tecnologia que está sendo desenvolvida pela CNA e suas federações é uma velha aspiração dos pecuaristas da região. De acordo com Pio Guerra, Pernambuco tem uma reconhecida tradição no plantio da cultura. “O crescimento do cultivo de palma no Semiárido nordestino exige a modernização de um sistema de colheita mecanizado, que assegure maior economicidade ao uso desta forragem”, enfatizou.

Ainda nessa linha, Pio Guerra destacou que a Comissão Nordeste da CNA também vem trabalhando na identificação da melhor técnica e dos melhores produtos para o combate das ervas daninhas, pelo uso de herbicidas nas áreas plantadas.