Copervales prevê crescimento de 15% na safra 2019-2020

Dirigentes e cooperados da Copervales

A Cooperativa Agrícola do Vale do Satuba – Copervales Agroindustrial – estima um crescimento em torno de 15% na safra 2019-2020. Desde o ano de 2015, quando iniciou as atividades, a Copervales vem acumulando resultados significativos. Moeu aproximadamente 470 mil toneladas de cana de açúcar no primeiro ano; 670 mil ton na safra 2016-2017; foi impactada pela seca no período 2017-2018, mas, ainda assim, conseguiu produzir 530 toneladas; e apresentou forte recuperação na safra 2018-2019, com 814 mil ton moídas. Agora, a previsão é produzir entre 900 e 950 mil toneladas.

“A última safra foi muito boa, pois não tivemos problemas de chuva e a nossa produtividade aumentou. Aliado a tudo isso, temos tido um forte plantio desde quando iniciamos as atividades, em 2015, tanto nas áreas da usina quanto dos cooperados. Tudo isso trouxe um incremento muito bom na produção e vale ressaltar que, sem a dedicação dos cooperados, não teríamos alcançado sozinha uma produção deste porte”, avalia o presidente da Copervales, Túlio Tenório.

Túlio Tenório: “Estamos contratando mais 1.500 funcionários”

Geração de empregos
Diante da expectativa de aumento na safra 2019-2020, a cooperativa está contratando mais 1.500 trabalhadores para as áreas industrial e agrícola. “O nosso quadro deve fechar em 1.900 funcionários. Se somamos com os profissionais contratados pelos cooperados e os terceiros, estamos falando de aproximadamente 3 mil funcionários”, diz Tenório.

Segundo o presidente da Copervales, a esperança agora é de que os preços da cana de açúcar reajam, principalmente, no mercado internacional. Há uma defasagem por conta do excesso de produto, principalmente na Índia, o que tem levado a uma baixa significativa no valor do açúcar VHP”, analisa.

Celebração
Para celebrar o início da safra 2019-2020, a Cooperativa Agrícola do Vale do Satuba realizará, nesta sexta-feira, 6 de setembro, uma celebração ecumênica na Copervales Agroindustrial, município de Atalaia. O evento está marcado para as 9h30.