Faeal e Senar Alagoas fazem balanço das ações em 2019

Reunião aconteceu na sede do Senar e Faeal

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Alagoas – Faeal – reuniu seu conselho de representantes para apresentar um balanço das ações, discutir e aprovar a reformulação da proposta orçamentária e do plano anual de trabalho 2019. Na ocasião, também ocorreu uma reunião com os dirigentes sindicais para avaliação das ações do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar Alagoas – neste ano e discussão sobre o planejamento para 2020.

A reunião aconteceu na sede do Senar, em Maceió, e os dados do Senar foram apresentados pela coordenadora do Departamento Técnico, Graziela Freitas. Na área de Formação Profissional Rural, o Senar Alagoas capacitou 8.060 trabalhadores rurais nas atividades de agricultura, pecuária, silvicultura, aquicultura, extrativismo, agroindústria, apoio agrossilvipastoril, entre outras relativas à prestação de serviços. Já na área de Promoção Social, 6.501 alagoanos foram beneficiados por ações voltadas à saúde, alimentação e nutrição, artesanato, organização comunitária, cultura, esporte, lazer, educação e apoio às comunidades rurais.

O programa Inclusão Digital Rural do Senar Alagoas treinou 625 pessoas e a Alfabetização de Jovens e Adultos, 375. Graziela Freitas também abordou alguns programas especiais, como o Mais Pasto, Saúde do Homem e da Mulher, além do Jovem Agricultor Aprendiz, que contabilizou 178 alunos, e o Curso Técnico em Agronegócio, que registrou 190 estudantes em nove turmas.

Graziela Freitas apresenta os resultados do ano

“Desde 1993, já atendemos mais de 329 mil pessoas em 95% dos municípios alagoanos, graças aos produtores rurais que contribuem para que o Senar e a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Alagoas continuem levando qualificação ao meio rural por meio de todas essas ações”, comenta a coordenadora Graziela Freitas.

“No ano de 2019 nós continuamos capacitando a população rural nas áreas de Formação Profissional Rural e Promoção Social, demos continuidade ao nosso programa Mais Pasto e iniciamos o trabalho de Assistência Técnica e Gerencial em Alagoas. O foco agora é aumentar o número de produtores atendidos pela ATeG, inclusive, por meio do Projeto Prospera Nordeste e em parceria com o Sebrae. Acreditamos que 2020 será o ano da consolidação da assistência técnica e gerencial em Alagoas”, prevê o superintendente do Senar AL, Fernando Dória.

O presidente da Faeal, Álvaro Almeida, também falou sobre as ações da Federação em 2019. “Tivemos conquistas importantes, a exemplo do incentivo fiscal para a produção de grãos, a suspensão do ICMS para a venda do leite in natura para o Estado de Sergipe e a criação do Programa Estadual de Barragens Subterrâneas. Em 2020, continuaremos defendendo o produtor rural alagoano indistintamente, pois entendemos que fortalecer a agropecuária é trabalhar pelo desenvolvimento socioeconômico do nosso Estado”, diz.

Fernando Dória, superintendente do Senar, Álvaro Almeida e Edilson Maia, presidente e vice da Faeal