Negócio Certo Rural forma mais quatro turmas em Alagoas

Programa é uma iniciativa do Senar e do Sebrae, em parceria com prefeituras

Representantes do Senar, Sebrae e Prefeitura entregam certificados
Turma de Major Isidoro

O Programa Negócio Certo Rural (NCR), iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar Alagoas) em parceria com o Sebrae AL, formou quatro turmas esta semana, nos municípios de Matriz de Camaragibe, Passo de Camaragibe e Major Isidoro (duas turmas).

Ao todo, 69 pessoas receberam certificado. As solenidades contaram com a participação representantes do Sebrae em Alagoas, a exemplo da gerente da Unidade de Agronegócios (Uagro), Vania Brito, do coordenador do NCR no Senar, Sidney Rocha, e das prefeituras.

O Negócio Certo Rural é um programa gratuito de capacitação em planejamento e administração de pequenos negócios rurais. Auxilia os pequenos agricultores e seus familiares tanto na melhoria de negócios existentes como na implantação de novas atividades.

Formandos exibem certificado em Passos de Camaragibe

O objetivo é estimular que os empreendedores rurais inovem em produtos e serviços já existentes nas propriedades e até mesmo na criação de novas oportunidades como, por exemplo, investir no turismo rural, um negócio estratégico para o campo.

Conteúdo
O programa apresenta conceitos, dicas, exemplos e tarefas práticas para que o empreendedor rural possa relacionar o que está estudando com a sua rotina. As tarefas envolvem a realização do diagnóstico da propriedade, identificação de novas ideias de negócio a partir e das potencialidades da região, busca de informações para avaliar as ideias e elaboração de um plano de negócios.

Entrega em Matriz de Camaragibe

A metodologia foi ambientada para o universo agrícola, visando orientar o produtor a identificar áreas de investimento, analisar a viabilidade do negócio, elaborar plano de negócio e gerenciar o empreendimento. A iniciativa busca motivar os jovens para revitalizar suas propriedades rurais ou descobrir os empreendimentos viáveis que estão ao seu alcance, como fruticultura, piscicultura, pequena agroindústria artesanal, entre outros.

COMPARTILHAR