Programa Agronordeste avança em Alagoas

Número de produtores beneficiados com a assistência técnica do Senar aumentou 98,6% nos últimos três meses

O Programa Agronordeste continua crescendo em Alagoas. Quatro novas turmas foram abertas entre os meses de setembro e outubro, nos municípios de Craíbas, Piranhas, Jacaré dos Homens e Traipu. Hoje, 596 pequenos e médios produtores rurais são beneficiados com a assistência técnica e gerencial do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar Alagoas. Um crescimento de 98,6% se comparado aos 300 produtores atendidos, por meio do programa, até meados do último mês de julho.

Nos quatro novos municípios, a assistência técnica é voltada para bovinocultores de leite. “Técnicos de campo visitam as propriedades rurais e capacitam pequenos e médios produtores que já comercializam parte da produção, mas ainda encontram dificuldades para expandir o negócio. Com isso, o programa aumenta a cobertura da assistência técnica; amplia o acesso e diversifica mercados; promove e fortalece a organização dos produtores; garante segurança hídrica e contribui para o desenvolvimento de produtos com qualidade e valor agregado”, explica Luana Torres, coordenadora de Assistência Técnica e Gerencial do Senar Alagoas.

Ao todo, 19 turmas de produtores rurais estão sendo capacitadas pelo Senar Alagoas, por meio do Agronordeste. A assistência técnica e gerencial contempla cinco cadeias produtivas: avicultura; bovinocultura de leite; fruticultura; olericultura e ovinocaprinocultura.

As ações acontecem em 12 municípios do semiárido alagoano, região considerada prioritária pela capacidade de desenvolvimento e carência de assistência técnica. As cidades são: Água Branca; Belo Monte; Craíbas; Delmiro Gouveia; Estrela de Alagoas; Jacaré dos Homens; Major Izidoro; Olho D’Água das Flores; Palmeira dos Índios; Piranhas; Traipu; e São José da Tapera.

Nas próximas semanas, o Senar Alagoas deve iniciar o trabalho no município de Girau do Ponciano, também para bovinocultores de leite. Há ainda a perspectiva de criação de turmas nas cidades de Olivença e Arapiraca, entre os meses de novembro e dezembro.

Programa
O Agronordeste é um plano de ações criado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Mapa – e desenvolvido em parceria com instituições como a Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária – CNA – e a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural – Anater. Tem por objetivo impulsionar o desenvolvimento econômico, social e sustentável do meio rural da região. A estimativa do Governo Federal é beneficiar 1,7 milhão de pessoas do meio rural, em 230 municípios dos nove estados do Nordeste e parte de Minas Gerais.