Senar já realizou 1.463 exames de PSA, Toque e Citologia em Mar Vermelho

Após vencer o câncer, a médica Eliane Rosas usa a própria história para conscientizar mulheres em Mar Vermelho

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar Alagoas – já realizou 1.463 exames em Mar Vermelho, entre PSA (773) toques retais (405) e citologias (285). O balanço é das cinco edições dos programas de saúde realizadas em parceria com a Prefeitura do município, de 2013 a 2019. A última edição aconteceu nessa sexta-feira, 1º de novembro.

A ação marcou o fim da campanha Outubro Rosa e o início do Novembro Azul. Os homens lotaram a Creche Maria Odete Lopes de Almeida, assistiram à palestra do urologista Mário Ronalsa, da Sociedade Brasileira de Urologia – SBU –, sobre doenças da próstata, e se submeteram aos exames de PSA e Toque.

“Não só as mulheres, mas os homens aqui em Mar Vermelho estão mostrando que querem se cuidar. Começamos o nosso Novembro Azul com o pé direito mais uma vez e só temos a agradecer ao Senar, pela parceria, e, especialmente, à nossa equipe da Saúde pela mobilização”, comenta a prefeita de Mar Vermelho, Juliana Almeida.

Prefeita Juliana Almeida entrega kit a Expedito dos Santos, o primeiro homem a concluir todos os exames

Aos 53 anos, o pintor Expedito Alves dos Santos retornou a Mar Vermelho após morar 32 anos em São Paulo. E foi na cidade natal que ele se submeteu, pela primeira vez, ao exame do toque. “Eu só fazia o de sangue, mas aqui, na palestra, o médico mostrou a importância de fazer todos os exames e eu fiz. É tudo muito rápido, tranquilo, não há o que ter medo. O importante é se cuidar”, diz.

Já as mulheres foram atendidas na Unidade Básica de Saúde Humberto Gomes de Melo. A ação registrou 160 testes rápidos de HIV, Sífilis, Hepatites B e C. Também foram realizados testes de glicemia, aferição de pressão arterial, consultas médicas e uma palestra sobre câncer de mama e de útero ministrada pela clínica geral do município, Eliane Rosa. Há cinco anos, ela foi diagnosticada com câncer de mama e hoje usa o seu exemplo de vida para conscientizar outras mulheres.

“Sempre deixo elas cientes de que a prevenção é o melhor caminho. Não que eu não tenha me prevenido, eu sempre mantive meus exames em dia, mas fui pega de surpresa. Senti um incômodo no peito, não encontrei nada no autoexame, como é de costume, mas imediatamente corri para fazer exames, fui diagnosticada, passei por quimioterapia, radioterapia e me curei”, relembra Eliane.

Álvaro Almeida fala para mulheres de Mar Vermelho

Os programas de Saúde do Senar também oferecem outros serviços como distribuição de cartilhas sobre câncer, cuidados com o coração e com a pele, kits de higiene pessoal e lanche para a comunidade.

“A cada realização dos programas de saúde, nós nos sentimos realizados, pois cumprimos fielmente a missão do Senar, que, além da educação profissional e assistência técnica, também contempla atividades de promoção social. O estado de Alagoas é pioneiro na realização de programas de saúde reunindo homens e mulheres, serviu de modelo para todo o país. Não há dúvidas de que nós já ajudamos a salvar muitas vidas por meio dessas ações e isso nos enche de orgulho”, afirma o presidente do Conselho Administrativo do Senar AL e da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Alagoas, Álvaro Almeida.

Palestra sobre doenças da próstata, ministrada pelo urologista Mário Ronalsa