Programas de Saúde do Senar AL atendem a quase 300 pessoas em Junqueiro

Exame de PSA

Os programas especiais de Saúde da Mulher Rural e do Homem, promovidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar AL –, chegaram à cidade de Junqueiro. Nesta sexta-feira, 19, cerca de 300 pessoas assistiram palestras, receberam orientações e fizeram exames preventivos. O trabalho de combate ao câncer de mama, próstata e pênis, entre outras doenças, tem o apoio da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Alagoas – Faeal – e foi realizado graças a uma parceria com a Prefeitura e o Sindicato Rural do município.

“Somos uma cidade eminentemente rural e ações como essa, de prevenção, são muito importantes para a nossa comunidade”, avalia o prefeito de Junqueiro, Carlos Augusto. “Este é um trabalho integrado que também busca conscientizar a população sobre a importância de procurar o atendimento de saúde regularmente, para evitar a doença ou diagnosticá-la antes que aconteça o agravo”, acrescenta a secretária municipal de Saúde, Kátia Ferreira.

Orientações sobre autoexame das m

As mulheres foram atendidas na Unidade de Saúde Miguel Gonzaga, bairro Mutirão, onde se submeteram ao exame de citologia, aprenderam a fazer o autoexame das mamas e tiveram acesso a tratamentos estéticos. Já os homens lotaram a Unidade Sebastião Cândido Alexandre, no centro da cidade, para assistir à palestra do urologista Mário Ronalsa Brandão Filho, sobre câncer de próstata, fazer o PSA e o exame do toque.

“Não fazemos apenas a avaliação da próstata, mas também do pênis desses pacientes. O Brasil é hoje um dos campeões de câncer de pênis no mundo e, mesmo com toda a tecnologia, nós ainda registramos cerca de 1,3 mil amputações por ano no país. Em Alagoas, a situação é pior. Fizemos uma pesquisa, entre 2007 e 2009, e encontramos o número de um pênis amputado a cada treze dias e meio. É um número forte, de guerra, o Ministério da Saúde precisa tomar alguma providência contra isso”, alerta Mário Ronalsa.

Secretária de Saúde, presidente do Sindicato Rural e representantes do Senar AL

Os resultados de todos os exames realizados nos programas especiais de Saúde da Mulher Rural e do Homem são encaminhados ao Senar AL e, em seguida, para a Secretaria Municipal de Saúde. O prazo médio é de 15 dias. A partir daí, os pacientes que necessitam de tratamento passam a ser devidamente acompanhados.

“Este é um programa que merece ser abraçado, pois, com certeza, o Senar está fazendo toda uma diferença na vida dessa população”, afirma a coordenadora dos Programas de Saúde, Andrea Almeida. “A prevenção da saúde da população do campo é nossa prioridade, portanto, só temos a agradecer a parceria com o Senar AL, a Faeal, o Sistema CNA e a Prefeitura de Junqueiro”, comemora Morgana Tavares, presidente do Sindicato Rural do município.

Prefeito Carlos Augusto fala para mulheres do campo

Aos 31 anos, Márcia de França aproveitou o programa do Senar AL para fazer o exame de citologia. “Fiquei sabendo pelo rádio e vim, pois é ótimo para a saúde. Toda mulher deveria vir”, atesta. Aos 80 anos, o agricultor José Pacheco da Costa também não perdeu tempo. “O doutor disse que estava tudo bem no ano passado, quando eu fiz o exame. E agora vou fazer novamente, tenho certeza que vai dar tudo certo ”, diz, otimista.