Reajuste salarial dos trabalhadores rurais é de 4%

O reajuste salarial dos trabalhadores rurais do estado de Alagoas, para a safra 2018/2019, foi definido em 4%, com data base de 1º de novembro. O reajuste foi definido entre o Sindaçúcar-AL, Faeal e Asplana, representantes da classe patronal, e a Fetar, entidade representativa dos sindicatos de trabalhadores rurais alagoanos. Com o acordo coletivo, o piso passa a ser R$1.029,60 mensais, correspondente à diária de R$34,32 e o corte de cana solta para moagem a R$8,51 por tonelada.

Também ficou mantida a regra que garante o acréscimo de R$25 no salário base da categoria, caso este salário se iguale ou fique inferior ao salário mínimo oficial. “Mais uma vez, a negociação foi conduzida pela comissão nomeada para este fim e desenvolvida da forma mais participativa possível entre os representantes de todas as unidades industriais, com consultas permanentes aos diretores das empresas”, comenta o presidente do Sindaçúcar-AL, Pedro Robério Nogueira.

COMPARTILHAR