Senar Alagoas capacitará mais de mil trabalhadores de usinas

Reunião com instrutores

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar Alagoas – capacitará 1050 trabalhadores das usinas Santo Antônio e Camaragibe, por meio do Fundo de Amparo ao Trabalhador – Fat. Seis cursos, de 180 horas cada, serão ofertados: Educação Ambiental; Relações Interpessoais; Segurança no Trabalho; Mecanização Agrícola; Administração Rural; e Cultura da Cana-de-Açúcar. Os estudantes serão divididos em 42 turmas e as aulas acontecerão entre os dias 8 de abril e 11 de junho, nos municípios de São Luiz do Quitunde e Matriz de Camaragibe.

Na manhã desta terça-feira, 26, cerca de 30 instrutores contratados pelo Senar Alagoas receberam orientações sobre os cursos. “Alinhamos os conteúdos, que precisam ser constantemente atualizados para oferecer uma qualidade maior no ensino, além de questões de logística. E também aproveitamos a oportunidade para falar sobre demandas de outros programas”, explica a assessora técnica do Senar, Luana Torres, que conduziu a reunião ao lado do supervisor de treinamentos, Sidney Rocha.

Os cursos são uma exigência do Ministério do Trabalho, com o objetivo de evitar demissão de trabalhadores no período de entressafra da cana-de-açúcar. Todos os participantes recebem uma bolsa de estudos paga pelas usinas. Para realizar as capacitações, o Senar utiliza recursos financeiros provenientes da contribuição previdenciária rural.

COMPARTILHAR