Senar Alagoas cria projeto para divulgar produtos de instrutores, técnicos de campo, alunos e ex-alunos

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar Alagoas – criou um projeto para divulgar produtos feitos por seus instrutores, técnicos de campo, alunos e ex-alunos. O Mercado Agro Senar tem o apoio da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Alagoas – Faeal – e o objetivo de ajudar essas pessoas na complementação de renda, principalmente, neste período de pandemia do novo coronavírus.

“Sabemos que a pandemia trouxe, junto com a necessidade de isolamento social, uma dura crise econômica em todo o mundo. A sociedade têm buscado se reinventar em todos os aspectos, inclusive, nas forma de fazer negócios. No Senar, temos muitos profissionais, alunos e ex-alunos que se utilizam do conhecimento, da técnica e da criatividade para produzir e gerar novas fontes de renda. O projeto Mercado Agro Senar é uma vitrine para essas pessoas”, afirma o superintendente do Senar em Alagoas, Fernando Dória.

A iniciativa é exclusiva para quem trabalha nos cursos e na assistência técnica e gerencial, é estudante ou já concluiu algum curso pelo Senar Alagoas. Por meio do projeto Mercado Agro Senar, essas pessoas que hoje produzem artesanato, pães, bolos, doces, vestimentas, queijos, entre outros produtos, poderão apresentar a sua produção em vídeo e disponibilizar os contatos para quem desejar adquiri-los.

Os vídeos serão postados nos perfis do Sistema Faeal (@sistemafaeal) do Instagram e Facebook. Devem ser enviados para o WhatsApp (82) 9.9189-3829 e seguir as seguintes orientações:

1. A apresentação deve ter, no máximo, 1 minuto;

2. O vídeo deve atender à seguinte sequência:
a. Apresentação pessoal (Diga quem é, profissão e qual o seu vínculo com o Senar;
b. Apresentação do produto (Diga o que você produz, de que material é feito, quais os diferenciais);
c. Contatos para vendas (anuncie o seu telefone, WhatsApp ou perfis nas redes sociais onde a pessoa pode adquirir o seu produto);

3. Coloque o celular na horizontal e em um local fixo, para evitar imagens “tremidas”;

4. O seu enquadramento na câmera deve ser tipo “plano americano”, com a imagem limitada na altura do busto e um pouco acima da cabeça;

5. Grave em ambiente fechado, com o mínimo de interferência sonora externa;

6. Se posicione de modo que o fundo seja o mais neutro possível (uma parede de uma cor só, por exemplo);

7. Tenha um exemplar do seu produto em mãos, para mostrar durante o vídeo;

8. Fique de frente para uma boa fonte de luz, assim você evita contraluzes e silhuetas;

9. Olhe diretamente para a lente do aparelho e respire profundamente antes de iniciar o depoimento.