Senar Alagoas retoma atividades educativas a partir do dia 13

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar Alagoas – vai retomar as atividades educativas, de forma gradual, a partir da próxima terça-feira, 13 de outubro. Após a reformulação do cronograma de 2020, que foi interrompido por conta da pandemia da Covid-19, estão agendados cursos para 83 turmas de formação profissional, quatro de promoção social e sete do programa especial Mulheres em Campo. Ao todo, 26 municípios serão contemplados com as ações.

O reinício dos cursos será com o Mulheres em Campo nas cidades de Craíbas e Piaçabuçu. Voltado para produtoras rurais com escolaridade mínima de 5º ano (antiga 4ª série), o programa tem o objetivo de ampliar o protagonismo feminino na administração das empresas rurais. Desenvolve competências de empreendedorismo e gestão, orienta na descoberta do potencial de cada participante e da propriedade, ensina a planejar e a transformar uma atividade em negócio.

Outros cursos

As 83 turmas de formação profissional estão divididas em 15 cursos. São eles: Administração Rural; Bovinocultura de Leite – Amamentação; Bovinocultura de Leite – Sanidade; Cerca Elétrica; Defensivos Agrícolas; Eletricista Rural; Fruticultura – Tratos Culturais; Fruticultura Básica; Informática Básica; Olericultura – Controle de Pragas e Doenças; Olericultura Básica – Hortaliças; Piscicultura Básica; Plantas Medicinais; Vestimenta Básica; e Vestimenta Moda Íntima.

Algumas dessas turmas de formação profissional serão compostas por produtores rurais que também são atendidos pela assistência técnica e gerencial do Senar Alagoas. Já na área de promoção social, a instituição realizará os cursos de Associativismo e Primeiros Socorros, com duas turmas agendadas para cada curso.

Prevenção à Covid-19

Para a retomada, o Senar Alagoas adotou um protocolo de prevenção à Covid-19, de acordo com as orientações da Administração Central do Senar e as medidas preconizadas pelas autoridades públicas de saúde.

“Diminuímos o número de alunos, serão entre 8 e 10 por turma, como forma de garantir o distanciamento mínimo de um metro e meio entre eles. Também orientamos nossos mobilizadores sobre todas as questões de segurança e higiene. Além disso, estamos confeccionando mais 500 máscaras, que serão distribuídas não só nos treinamentos, como na assistência técnica”, explica a coordenadora do Departamento Técnico do Senar Alagoas, Graziela Freitas.

Graziela Freitas: “Diminuímos o número de alunos, serão entre 8 e 10 por turma, como forma de garantir o distanciamento mínimo de um metro e meio entre eles.”