Senar credencia técnicos e supervisores de campo

Luana Torres: “Abrimos editais para pecuária, agricultura e agroindústria”

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar – está credenciando pessoas jurídicas para as funções de supervisor e técnico de campo de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG). Ao todo serão 400 vagas para supervisor e 4.000 para técnico de campo em todo o Brasil.

Dois editais já estão disponíveis no site do Senar Alagoas, um para o projeto Prospera Agropecuária Semiárido e outro para ações de assistência técnica e gerencial em todo o estado. “Abrimos editais para pecuária, agricultura e agroindústria, para credenciar técnicos com formação nessas áreas, a exemplo de veterinários, zootecnistas, administradores, agrônomos e, na agroindústria, podem até ser nutricionistas, técnicos agrícolas e de laticínios que atendam aos pré-requisitos dos editais”, afirma Luana Torres, coordenadora de ATeG do Senar Alagoas.

O credenciamento poderá ser feito durante o ano inteiro e não há limite de vagas. Os profissionais aprovados no processo seletivo serão acionados pelo Senar Alagoas, de acordo com as demandas. A remuneração se dará por entrega. “Cada técnico de campo poderá visitar até 30 propriedades rurais por mês, num período de até dois anos. O valor da visita é de R$ 200, ou seja, ele receberá até R$ 6 mil mensais. Já para o supervisor, que trabalhará por amostragem, a remuneração poderá chegar até R$ 3.600,00 por mês”, pondera Luana.

Funções
O supervisor de campo é o profissional responsável direto pelo acompanhamento dos trabalhos desenvolvidos pelos técnicos de campo. Realiza reuniões, treinamentos, visitas de supervisão aos produtores rurais e a validação técnica dos documentos e relatórios das visitas às propriedades rurais.

Já o técnico da ATeG faz o atendimento aos produtores rurais por meio de visitas às propriedades, onde transmite conhecimentos relacionados à gestão técnica, econômica e ambiental da empresa rural orientando as atividades desenvolvidas nas propriedades.

ATeG
A Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Senar é uma metodologia que visa atender produtores rurais, adotando um modelo de gestão e operação continuada, que engloba todos os processos da atividade produtiva na propriedade.

O principal objetivo da ATeG do Senar é promover o incremento de renda e produtividade baseado no diagnóstico, planejamento, adequação tecnológica, capacitação complementar e avaliação de resultados nas propriedades rurais, que recebem visitas periódicas e individuais realizadas pelo técnico com foco em uma atividade produtiva priorizada pelo produtor.

A ATeG é feita com base em um planejamento estratégico construído junto com o produtor e diretamente relacionado a um programa de capacitação profissional que possa gerenciar seu negócio com um empreendimento rural de sucesso.