Senar nas Nuvens: profissionais de Alagoas são capacitados

Profissionais do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar Alagoas – estão ainda mais capacitados para utilizar o Senar nas Nuvens, ferramenta de gestão de informações que auxilia as administrações regionais nos processos de Formação Profissional Rural (FPR), Promoção Social (PS) e Programas Especiais. A capacitação foi conduzida por Patrícia Machado, assessora técnica da Diretoria de Educação Profissional e Promoção Social do Senar Nacional.

“Viemos trazer mais informações, oferecer novas funcionalidades do sistema para a regional continuar melhorando seus indicadores e relatórios. O Senar nas Nuvens é um sistema de gestão dos eventos que a regional realiza, portanto, se ela preenche corretamente os dados, consegue ter um controle maior do que está realizando, em termos de custos, quantidade de participantes e ações”, argumenta Patrícia Machado.

No sistema Senar nas Nuvens, todos os agentes envolvidos nos processos da Formação Profissional Rural e Promoção Social, sejam eles mobilizadores, instrutores, supervisores ou da equipe técnica, ficam responsáveis diretamente por cada etapa, desde a solicitação das demandas pelos sindicatos e elaboração do Plano Anual de Trabalho (PAT) à conclusão do treinamento e certificação dos participantes ou do evento realizado pela regional.

O gerente de Produtos Lucas Guimarães, da empresa de tecnologia Rezolve, criadora do Senar nas Nuvens, também veio a Maceió auxiliar na capacitação. Ele deu dicas de usabilidade do sistema, sobretudo, para a equipe do financeiro, mostrando algumas possibilidades para facilitar ainda mais as operações. “Nós sempre vamos às regionais, observamos os processos e tentamos facilitá-los por meio da automatização”, explica.

Para Giane Trindade, assistente administrativa do Senar em Alagoas, as orientações foram importantes. “Aprendemos novas ferramentas que vão agilizar o nosso trabalho. Nós utilizamos dois programas para executar os cursos, efetuar pagamentos, e agora percebemos que dá para fazer a maioria das ações somente no Senar nas nuvens. Vamos customizar de acordo com as nossas necessidades”, diz.

COMPARTILHAR