Faeal, Senar e Emater discutem parceria em benefício dos pequenos produtores alagoanos

Gestores da Faeal, Senar e Emater discutem parceria

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Alagoas – Faeal –, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar Alagoas – e o Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável de Alagoas – Emater – iniciaram um processo de articulação para aproximar as ações de assistência técnica e as políticas que as instituições desenvolvem e beneficiam pequenos produtores rurais de todo o estado.

Os presidentes da Faeal e do Conselho Administrativo do Senar, Álvaro Almeida, e da  Emater, Adalberon Sá Júnior, iniciaram as tratativas na manhã desta segunda-feira, 14, em reunião na sede da Federação da Agricultura. O encontro contou com a participação do superintendente do Senar em Alagoas, Fernando Dória, e da superintendente de Operações Técnicas da Emater, Rita de Cássia Lima. Uma nova reunião para discutir a parceria, desta vez com as equipes técnicas das duas instituições, será agendada para a primeira semana de janeiro.

“Hoje o Senar Alagoas desenvolve ações de assistência técnica e gerencial, a exemplo do Programa Agronordeste, a Emater promove assistência técnica e extensão rural, portanto, estamos discutindo como complementar essas políticas. Se a gente fortalece essa parceria, soma essas forças, alcança ainda mais produtores”, afirma o presidente da Emater, Adalberon Sá Júnior.

Com a parceria, o produtor rural que já tem acesso à assistência técnica e gerencial do Senar Alagoas também terá todo o suporte e as orientações necessárias para a emissão da Declaração de Aptidão ao Pronaf – DAP – e a inclusão em programas de compras institucionais, como os de Aquisição de Alimentos – PAA – e de Alimentação Escolar – Pnae. Por outro lado, a ideia é que técnicos de campo da Emater e produtores rurais assistidos pelo Instituto de Inovação também sejam capaciados em ações do Senar.

“Não há dúvidas de que as ações conjuntas do Senar e da Emater, duas instituições que são referência de relevantes serviços prestados à população do campo, representará um ganho significativo em melhoria e aumento da produtividade, sobretudo, dos pequenos produtores rurais. O nosso objetivo é agregar outros agentes neste processo de aproximação de políticas e ações, para que possamos, juntos, fazer mais pelo pequeno produtor e com menos recursos”, comenta o presidente da Faeal e do Conselho Administrativo do Senar Alagoas, Álvaro Almeida.